PRAGAS URBANAS
FALE COM A GENTE
SOLICITE UMA INSPEÇÃO

RATOS

Das mais de 1.700 espécies distribuídas pelo mundo, cerca de 125 estão classificadas como pragas e 3 são de grande importância para o homem. São elas: Mus musculus, Rattus norvegicus e Rattus rattus. Desde os tempos mais remotos os ratos conviveram com o homem tanto no campo como nas cidades, sendo chamadas de espécies sinantrópicas, devido a convivência com o homem. A Organização Mundial da Saúde estima prejuízos na ordem de US$ 10,00 para cada roedor e pressupões a existência de 3 roedores por habitante.

No caso do Brasil que possui mais de 300 milhões de habitantes o prejuízo anual esperado está acima de US$ 4,0 bilhões. Estima-se uma perda anual de até 8% da produção mundial de cereais e raízes. As perdas ainda podem ser maiores se considerarmos a contaminação dos alimentos por urina e fezes e o desperdício pelo rompimento de sacarias e outras embalagens.

A presença destes roedores em nosso meio ainda pode acarretar outros problemas como os acidentes devido aos danos causados em fios, fibras ópticas, cabos de máquinas, instalações elétricas, ruídos e chiados em ligações telefônicas, podendo perder a capacidade de transmissão e ficam sujeitas às umidades e a ação de outros agentes, como as formigas. Os ratos são transmissores de muitas doenças graves, sejam através de sua urina (Leptospirose), suas pulgas (Peste), suas fezes ou contato com alimentos (Salmoneloses).

O uso descontrolado de venenos pode contribuir para o aumento da população de ratos ao em vez de controlá-los.

Nome vulgar: Ratazana

A ratazana ou rato de esgoto como são genericamente conhecidos, habitam o solo (terrestre) com característica extradomiciliar. Dotado de habilidades para escavar, nadar e roer abriga-se em tocas e galerias no subsolo, na beira de rios, córregos e lixões. Alimenta-se até 30g/dia de lixo orgânico, cereais, raízes, carne, etc.

Nome vulgar: Rato de Telhado

O rato de telhado habita acima do solo, com característica intra e extradomiciliar. Dotado de habilidades para escalar, equilibrar-se e roer, habitam o forro das casas, depósitos e armazéns. Costuma ser encontrado nas proximidades de áreas portuárias. Alimenta-se até 30g/dia de legumes, frutas, cereais, raízes e pequenos insetos e consome água até 30ml/dia.

Controle

Para um controle eficaz dos roedores é necessário identificar corretamente a espécie e conhecer suas características e hábitos.

Você tem Problemas com Pragas Urbanas?

ENTRE EM CONTATO AGORA CONOSCO.

ENVIE UMA MENSAGEM!