PRAGAS URBANAS
FALE COM A GENTE
SOLICITE UMA INSPEÇÃO

POMBOS

Os pombos são aves comuns em quase todas as cidades brasileiras e em todos os meses do ano. Considerados como símbolo da paz e alimentados por milhares de pessoas, poucos sabem do perigo à saúde pública que estes animais significam. Suas fezes podem conter fungos e outros microrganismos causadores de doenças graves como a criptococose, psitacose e salmonelose.

Desta forma, as fezes devem ser umedecidas antes de serem retiradas, para evitar a inalação de esporos de fungos e outras formas causadoras de doenças. Outros organismos, tais como, piolhos, ácaros e pulgas também podem afetar o ser humano caso esteja próximo a seus ninhos.

Armazéns de alimentos humanos ou de animais também podem ser contaminados, especialmente silos que armazenam grãos e sementes. Suas fezes também sujam e destroem o patrimônio, pois são ácidas e deterioram materiais. Seus ninhos entopem calhas e quando ocorrem próximo a aeroportos podem ocasionar acidentes à aviação.

Prevenção:

  • Evitar alimentar os pombos;
  • Consertar falhas em estruturas que permitam a nidificação dos pombos.
  • Vedar as bordas entre os telhados e a laje para impedir o acesso dos pombos nos espaços;
  • Para impedir que os pombos pousem nos parapeitos de janelas, esticar um ou mais fios de "nylon", presos por ganchos, nas bordas laterais das paredes que circundam o parapeito. Estes fios devem estar a uma altura de aproximadamente 10cm do parapeito.
  • Pombos não gostam de pousar em superfícies inclinadas. Construir um parapeito com inclinação de mais ou menos 45 graus impede seu pouso;
  • Existem no mercado alguns equipamentos para impedir o acesso de pombos, muitos deles são importados.

Doenças Transmitidas e Patógenas Veiculadas

  • Psitacose;
  • Criptococose;
  • Salmonelose;
  • Toxoplasmose.

Você tem Problemas com Pragas Urbanas?

ENTRE EM CONTATO AGORA CONOSCO.

ENVIE UMA MENSAGEM!